“Não estranhes que um dia te sintas mais homem por o veres seguir, mas menos de ti por o saberes partir”

provérbio inventado por um pai meio idiota com a adolescência do seu filho

 

… Depois de me despedir dele, fiquei a olhá-lo. Ia grande, levando-se no seu andar de cegonha – ia muito maior que ontem. E pela primeira vez não lhe perguntei a que horas iria chegar. Deixei-o assim partir sem o fazer levar recomendações de mim. Voltará, mas já não o mesmo.

Anúncios

3 responses to “

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: