falta-me título que (me) sirva

Às vezes dói-me muito escrever. Outras, quedo-me infértil com um sorriso idiota. Acho que a minha vida é isto assim, esse entre o extremo da sensibilidade e a ausência de emoções. Navego sem meio-termo.

Às vezes, quando penso nisto, esta oscilação que sou entre o bruto e o disparatado, lamento por aqueles que vivem nas vizinhanças de mim.

Anúncios

4 responses to “falta-me título que (me) sirva

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: