momento lapaliciano dedicado a um amigo

Não há escápulas excessivamente grandes, mas sim quadros demasiado valiosos para caírem ao chão

[sei que isto ainda não soa bem. depois alinharei melhor. distrai-me o medir de forças aqui na sala ao lado: o Diogo treina afincadamente com o pífaro e o gato lança miados desesperados em crescendo. os dois juntos nessa disputa não me deixam condições muito aceitáveis para grandes fabricações tautológicas.]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: