Monthly Archives: Julho 2008

os trabalhadores do mar

 [na dura caça ao polvo - algures numa cala de uma das ilhas sarônicas,
talvez Spetses - Junho 2008]

a dobradinha (1974)

O texto que se segue foi originalmente publicado na Olivesaria há umas semanas atrás. Há uma razão especial para o trazer para aqui hoje, mas essa, ao contrário do texto, já é mais dificil de partilhar. Fica a história.

 

Ao fundo da rua espraiam-se os bólides de madeira, quase duas dezenas. Estão pintados de todas as cores e imitam os carros do Fittipaldi, do Stewart, do Cevert, do Ickks, com um rigor quase ‘veneratório’. Em redor deles há uma multidão de miúdos e graúdos, tão tumultuosa como as que se vêm nas grelhas de partida das corridas que ali se imitam. Há razões para isso. Estes carrinhos de esferas são especiais e enchem o olho de todos os que se habituaram a vê-los como mais que mera tábua com rolamentos. Têm dimensões regulamentadas, inspecções técnicas rigorosas, cargas escondidas para dar lastro, ailerons, bancos e estofos de espuma, segredos na lubrificação dos rolamentos, mas sobretudo são um primor para os olhos assim todos aperaltados no início da Rua 5, debruçando-se sobre a descida que os fará competir. Já todo o bairro por ali sabe que em fim-de-semana de grande prémio haverá corrida de carrinhos de esferas, no domingo pela manhã, e por isso ali se juntam entusiasticamente para admirar a competição .

Continue a ler


%d bloggers like this: