se precisares de ajuda avisa

Este homem, quando se lhe soltam as estribeiras, é um espectáculo!

“Exmo Sr./Camarada PQ …”

valerá a pena continuar a argumentar? não chegará esta citação de uma peça inacreditável (ou então cómica) para resumir tudo?

a. Compreendo – ainda que só conheça a questão através de alguns posts em alguns blogs, entre os quais aqui – que haja uma transformação do mundo da comunicação social, que a transição para este meio de parte da comunicação social se esteja a passar, que os jornalistas (ou candidatos, ou possuidores de alter egos jornalísticos) se interessem pelo reconhecimento do bloguismo como sucedâneo ou paralelo à comunicação social, até como manutenção de estatuto social e profissional

b. mas isso é – como tantas vezes isso tem sido notório – a redução do bloguismo À dimensão do blogo-“jornalismo”. Ou seja, é a redução do que é o instrumento blog. Já o comentei aqui, mas a deformação profissional talvez impeça – mesmo num metabloguista como V. – o reconhecimento da gigantesca diferença. O que é que a Xaninha que nos seus 14 anos bloga os amores e os sorrisos tem a ver com o sr. Macedo que “posta” fotos de flores e hortas e com a Camara de Comuns onde deputados explicitam os seus pontos de vista?

c. não se pode exigir nada, cada um opina sobre o que quer, mas o Conselho Deontológico dos Jornalistas ao interferir num blog está a querer o quê, afirmar o estatuto? em termos persecutórios como aqueles? é aceitável? é referível neutralmente num contexto onde alguém (ainda que mesmo vagamente aparentado) quer exercer funções semelhantes. O meu blog não é jornalístico, é a minha casa – sem estores. Se algum filho da puta do Conselho Deontológico do Sindicato de Jornalistas (pelo menos deste conselho) algum dia vier falar-me (escrever-me …) no tom que li aquilo vou-lhe aos cornos, e atiro-o varanda fora (para o quintal, não morre da queda). Está a perceber a diferença? Isto não é um telefone. Mas não é tutelável por um “Sr/Camarada” atrasado mental armado em polícia de bons costumes

 [os termos são duros, em blog alheio. Mas são propositados. Em jornal ou velho éter o tipo jpt não falaria assim. Diria imbecil, ignorante, etc. A “pequena diferença”]

 

O grave, neste caso, é que tem plena razão para a irritação. Por isso, e a quem importe (provavelmente interessará mais aos ‘rádio-amadores”), sugiro que corra com alguma atenção todo o entrelaçado de comentários onde este se inclui mas também, na base deste post, a origem dos mesmos.


12 responses to “se precisares de ajuda avisa

  • catarina

    A parte em que se discute que “isto não é um telefone” (assim, em jeito de Magritte) é que me parte toda.

    Gostar

  • catarina

    (por falar em partir-se todo, afinal as varandas não são assim tão inocuas…)

    Gostar


  • E a da Xaninha que bloga amores?

    (agora vou lá dar um pulinho a ver se a derrama continua)

    Gostar

  • catarina

    (não se passa nada, devem ter ido todos lanchar)

    A xaninha, pois é…14 aninhos, viste? Nem sei se o facto de se ler a Xaninha a blogar amores, não constituirá matéria passível de ser passada a crivo pela censu…pela ERC ou ECR ou o que era. Ou a Associação da Moral e Bons Costumes.

    Gostar

  • hipatia

    Foda-se para o peditório do código de conduta dos blogues! Estou farta da conversa e das entrelinhas que lhe apanho. Essa não é a minha blogosfera. Como não era a minha blogosfera aquela enxovalhada na TV há uns tempos. Cada um que enfie a carapuça que quer. Mas não me venham com merdas: o facto de me recusar a ser parte do gangue deles é a única desculpa que antevejo para me tentarem obrigar a vestir uma camisinha de varas fascizóide. Com um bocado de sorte, talvez se esqueçam de mim. Sempre fiz por isso, aliás: no 5º ano de blogue vivo e a publicar regularmente, nunca me cheguei a links daninhos de uma mainstream que a todos parece apetecer, mas de onde me mantenho convenientemente afastada. E não os tenho na lista de bloggers que linko nem nunca vão estar. E nem os cito sequer, que na maior parte dos dias pura e simplesmente me recuso a reconhecer que existem e, nos outros, faço de conta que pertencem a raça diferente. E, sim, eu penso pela minha cabeça e não deixo que pseudo-jornalistas ou alguns à espera do lugar se transformem em fazedores da minha opinião. Por deformação profissional – e nessa minha “deformação” as regras com que se coze um texto são bem mais estritas do que os copy-pastes que os jornais fazem da “Lusa” ou os comentadores fazem um dos outros ou de bloggers estrangeiros que pensam que ninguém lê – sempre tive o cuidado de respeitar o trabalho alheio, mesmo se não há um único post meu que não comece com uma epígrafe e essa nunca é da minha grafia. Sei que, no que toca especialmente às imagens, as fontes devem estar há muito esquecidas. Mas na minha deformação profissional o c.f. e o apud continuam a ter valia. E não me fodam o juízo com essas tretas peganhentas. Sim, as violações dos direitos dos outros estão mais do que consagradas na lei e só ninguém exerce os seus direitos porque, infelizmente, dá demasiado trabalho e demasiadas chatices e ainda há a filha-da-putice da Justiça à moda portuguesa que só avança para o lado que lhe dá jeito. Mas uma “ordem do bloggers”? é isso? E com um mono, tipo os gajos que estão à frente da Ordem dos Médicos ou da Ordem dos Advogados ou até da Ordem dos Arquitectos, que já foi condenada em Tribunal por achar que manda mais do que a Lei do Estado e achava que tinha direito a reconhecer mais e para além desse mesmo Estado quem é ou não arquitecto depois de terminar um curso “licenciado” – e por isso mesmo válido – pelo tal Estado que somos todos nós? Ou a treta do PM ser ou não Engenheiro, porque a Ordem só o aceite se pagar a conta? Tenham dó! Não há nada mais corporativista e mais jurássico do que isso. E não terá boas consequências, tirando para os tais mainstream que, finalmente, ficarão com o espaço só para eles, para continuarem apenas a falar entre eles e, no fim, só ficarem bem satisfeitos com o punhetório mental que conseguem com essas coisas pequeninas onde esgotam toda a tusa. Os outros, como eu, que sabem que se andarem perto da merda acabam mal-cheirosos, limitar-se-ão a fechar as portas do blogue e a arranjarem outras coisas. Como quando trocaram as newsgroups pelos chats e depois pelos fóruns e depois pela blogocoisa. Há sempre algo que vem depois. E, sozinhos, os que restarão serão uns infelizes, como aqueles que continuam a frequentar os espaços que eram antes o mainstream e de onde, entretanto, toda a gente debandou.

    E tu, Efigénio, que até já me viste a cara e até me sabes provavelmente o nome, desculpa o lençol e a irritação (e os palavões também). Mas isto tira-me mesmo do sério e estou farta. Para os outros, continuo a ser a anónima Hipátia e não peço desculpa a ninguém por ter opinião e a exercer no meu blogue.

    Gostar

  • hipatia

    Queria dizer “Eufigénio” obviamente. Mais umas desculpas

    Gostar

  • Maiakovsky

    Posso deixar um poema ou tenho que me suicidar?

    Gostar

  • Cat

    Hipatia! Este comento é um dos teus melhores posts, melher! Caneco! Faz mais destas!

    *cat aplaude de pé*

    Gostar


  • Zé aplaude ao lado da Cati, os dois de pé, com o corpo do Maia pelo chão já em putrefação

    (esta coisa de um gajo ter um blog e ter os outros a escrever paera ele parece-me bom negócio. oh Cat, se quiseres trazer as fabulásticas explicações do sub-prime, dos coelhos e das couves, também se arranja aqui espaço)

    Hipatia, nada de desculpas. é um prazer receber-te assim

    Gostar

  • Cat Without

    (obrigada, mas depois o que fazias tu às minhas leitoras todas aqui penduradas, hein?)

    Gostar


  • ora pois, e para mais já se me acabaram as fotos boas. nas que agora tenho aqui já se vê a marreca. melhor deixares assim, um gajo vai lá, deixa um comentário com algum perfume e pronto

    Gostar

  • Golfinho

    Eu sempre dei direito de resposta e cheguei a apagar posts por não corresponderem totalmente à verdade, ou pq alguns bloggers se sentiram atingidos, a maioria das vezes por elogios… Bom-senso. Direito de resposta já está previsto e regulado.

    Cumprimentos

    Gostar

Deixe uma Resposta para Golfinho Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: