se não há palhaços não há circo

 

 

 

Cada vez hesito mais em deixar aqui algo. Agora, de cada vez que o faço e ainda que poucas, faço-o com vaidade. Depois, sobra-me o rubor. Não devia ser assim. Todas as razões que me aprisionaram a este espaço nasciam dentro de mim, acima de tudo pelo prazer de mais tarde me poder ouvir a mim mesmo, quase um onanismo que aqui me trazia em jeito impetuoso e só. Foi sempre assim que aqui cheguei, de forma não premeditada, depois deixando-me escorregar neste exercício de descarga, quase transe, de onde  resultavam coisas que mais tarde viria bolear com outra cautela. Um diário talvez, se é a isto que se chamará um diário. E um diário não se escreve para se mostrar, escreve-se para nos mostrarmos a nós mesmos e deixará de o ser, ou melhor, torna-se fingido e inútil, se em cada página que nele inscrevo e viro deixar de o preencher com a cumplicidade das coisas que são apenas minhas. Hoje acompanha-me sempre uma interrogação latente sobre quem me irá ler aqui e se este ou aquele lerão aquilo ali e se amanhã essoutro, que tanta gente a espreitar-me por cima do ombro me inquieta. E contenho-me, aperalto-me, revejo duas e três vezes aquilo que irão interpretar do que escrevo, e assim me vou atraiçoando. Depois assisto(me) a criticar-me deste ego, desta coisa do parecer que já nada tem a ver com a vontade, o desejo e liberdade da escrita. E reconhecer isso em nós deixa de ser um prazer.

Mas mais que este embaraço de me saber agora presumido no aparato é aqui voltar e ver que em nenhum recanto de um parágrafo, em nenhuma pausa de vírgula, em qualquer incidente que aqui traga, estou lá eu, ou sequer um breve episódio da vida que em mim conto. Soçobrei e deixei de saber escrever para mim. E como nunca treinei nem tirei prazer de outra forma de escrita que não esta de consumo caseiro, nisso tão longe dessa outra escrita impudica e cuidada que se pode oferecer aos outros sem receios caligráficos e para a qual não tive a sorte do dote, começo a suspeitar que esta escrita, esta minha, a única que alcanço com prazer, afinal, aparenta agonizar. É curioso pensar que há 7 anos atrás pouco mais de meia dúzia de folhas de papel coleccionava com toda a escrita lúdica da minha vida. É provável que haja um fim, seja qual for e que neste reencontre o mesmo clima de infertilidade nas palavras que afinal me acompanhou quase toda a vida, quase tão inapelavelmente como a um filme que, aproximando-se do seu termo, esgotado do seu argumento e suspense, me verá virar-lhe as costas.

Anúncios

4 responses to “se não há palhaços não há circo

  • alexandra

    tão?
    Continua a escrever

    Gostar

  • Paula Honorio

    nem mais amigo Zé….
    podes sempre recomeçar nos comentários do Zézé ;)
    mas escreves tãoooo bem, que nem que seja de quando em vez, deixa-nos espreitar por cima do teu ombro….

    Gostar

  • efe

    1. A escrita que fazes é legítima e legível, logo é interessante e, eventualmente, útil na perspectiva do leitor.
    2. O blogue serve justamente para o fim/efeito que enuncias. Aliás, foi mesmo criado para essa finalidade ainda que depois tenha trilhado outros caminhos.
    3. Onanismo, narcisismo, vaidade… e depois, que mal tem? Só é criticável por quem critica a masturbação, ou seja os anormais que esta sociedade doente gera.
    4. «Soçobrei e deixei de saber escrever para mim» E os que escrevem para os outros não soçobram, por vezes? Não será apenas um “soçobrar” temporário na escrita?
    5. Nesta sociedade global que repete experiências é natural encontrar pontos de contacto e exemplos semelhantes. Revi-me em muito do que escreveste, com o qual concordo e pratico.

    Escrever é resisitir.
    Saúde.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: