dislates de um homem desanimado

 

Os calos na mão provam a obra do artífice? Não, apenas confirmam o ofício.

O esforço por si mesmo traz legitimidade ao propósito? Também não, fará apenas prova.

O que diferencia então a vontade da intenção? Provavelmente, a hipótese de se falhar .

Mas nos crentes isso esconde-se na idiota obstinação de o negar.

Eu sou crente. A minha mentira é maior. E sofro mais por isso.

Hoje vou emborrachar-me. Posso.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: